O presidente Bolsonaro está certo!

                                                                                                                                  Autor: Fah San

Para quem diz: O presidente Bolsonaro está certo, e devemos respeitar a sua autonomia de presidente, ao querer cortar parte da verba nas ciências humanas.

Primeiramente, risadas, pois a risada é necessária as vezes quando a situação é constrangedora demais.

O problema queridos é que as universidades tem a sua autonomia, e recebe este nome de universidade exatamente por disponibilizar aos seus estudantes uma visão interdisciplinar, caso contrário não seria universidade. Ele informa que deseja investir na área de medicina, o que é a bioética se não uma abordagem da ética aplicada, a qual os estudantes de medicina deve estudar, o que seria o direito, se não fosse a sociologia e a filosofia.

O problema está posto, exatamente porque os nossos atuais governantes não entende, nem a sociologia e nem filosofia. E se o nosso presidente entendesse não falaria tanta grosseria, pelo contrário, teria até mesmo maior cuidado com as suas palavras, pois entenderia o que é a filosofia e sociologia, e também algo chamado de lógica, coisa que lhe falta.

E para finalizar quem votou ou não em Bolsonaro deve exigir e pressionar, afinal de contas cidadania não é apenas votar, é também acompanhar o político, sendo quem você votou, ou não, para que as decisões sejam tomadas de forma responsável.

 

 

Acesse:

https://www.facebook.com/afilosofiaestapresente/

https://www.facebook.com/fahsan.f

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s